Takenoko [broto de bambu] | Cozinha Fácil Nakayoshi #45

Takenoko [broto de bambu] | Cozinha Fácil Nakayoshi #45

Takenoko {broto de bambu}

É tempo de takenoko! O broto de bambu é um alimento milenar!

Aqui no Brasil muito pouco conhecido. Ele costuma ser ingrediente de pratos japoneses e chineses, um pra to comum que leva takenoko é o nishimê, um cozido de legumes japonês. É uma delícia, e o preparo é similar ao do vídeo.
O curioso é que antes deste preparo, o broto de bambu passa pelo processo prévio de cocção por horas, para que saia o sabor amargo e possa servir de alimento. Antes disso, não se deve nem servir para consumo, assim como não consumimos a mandioca crua, o broto de bambu deve passar pelo cozimento prévio, e é assim em pacotes já cozidos que ele pode ser encontrado em lojas especializadas.

RECEITA

Ingredientes:
🔸 1 pacote de takenoko
🔸 2 folhas de kombu ou compre os nozinhos já feitos
🔸 1/3 de xícara de chá de molho tarê
🔸 5/3 medidas de água filtrada
🔸 1/2 pacote de hondashi
🔸 gohan para acompanhar
Preparo:
🔸Drene o takenoko e deixe em água limpa.
🔸enquanto isso, hidrate o kombu.
🔸 depois de hidratado, corte as folhas, em pedaços menores mas compridos e dê nós nele.
🔸 depois de dado o nó, corte-os
🔸 drene a água do takenoko novamente
🔸 em uma panela, coloque óleo até cobrir o fundo e refogue o takenoko
🔸 coloque o kombu e o molho com a água
🔸 o hondashi e tampe
🔸 deixe cozinhar por cerca de 15 minutos, até amolecer e corar.
🔸 sirva com gohan

foto1

foto

DSC_2335

 

Tofu, Negui e Shoyu | Cozinha Fácil Nakayoshi #43

Tofu, Negui e Shoyu | Cozinha Fácil Nakayoshi #43

Esse Tofu é a receita mais simples da nossa lista é essa!

QUIZ 2 QUIZ RESPOSTA2

Na Nakayoshi temos tofu industrializados como o da AgroNippo, caseiro, e até orgânico (sob encomenda).

Além de ser super versátil o tofu, ele contribui na saúde de diversas formas:

  • tem relação com a prevenção de câncer de mama, por conter fito estrógenos
  • tem poucas calorias, ótimo para restrição calórica
  • ao contrário do queijo, ele não tem gordura saturada
  • rico em minerais, cálcio, ferro, magnésio…
  • combate efeitos da tpm

Muito simples servir um tofu da maneira mais tradicional, com negui (cebolinha) e shoyu!

É claro que tem possíveis variações, dá uma olhadinha na receita:

RECEITA:

INGREDIENTES:

– 250g de tofu

– cebolinha picada

– shoyu

Opcionais: gengibre ralado, wasabi, nabo ralado…

Preparo:

-Despreze a água do molho, caso sobre parte de tofu para usar mais tarde, troque a água por água filtrada nova.

– Corte o tofu em cubos

– disponha os tofus e salpique cebolinha e os outros acompanhamentos que for usar.

Sirva com shoyu e pronto!

Patê de Tofu | Cozinha Fácil Nakayoshi #42

Patê de Tofu | Cozinha Fácil Nakayoshi #42

Este Patê de Tofu é uma receita dica para o verão! E também dica para quem ai receber um convidado vegetariano ou vegano em casa e não sabe o que fazer. Está aí um aperitivo delicioso!DSC_9855

O Tofu é um alimento produzido a partir da soja. Tem textura firme parecida com a do queijo branco, por isso, conhecido também como queijo de soja. Na culinária asiática é consumido cru, cozido ou frito. Suas variações no uso são inúmeras. Para os veganos ou vegetarianos, é uma boa opção por tem um bom aporte protéico. Associado a outras leguminosas e cereais complementam a alimentação!

Por ter um sabor bem suave, nesta receita pode ser aromatizado da forma que preferir.

Na Nakayoshi trabalhamos com diversas marcas de tofu, além das industriais, temos também o tofu caseiro, muito bem aceito por nossos clientes.


RECEITA:

–  500g de Tofu caseiro
– 1 xícara de azeitona preta picada
– 1 xícara de ervas frescas (manjericão, orégano, salsinha…)
– sal e pimenta do reino a gosto
– crudités: legumes cortados em palitinhos – pepino, cenoura, pimentão, tomatinho, salsão…

Preparo:
– Drene a água do tofu (cado sobre e queira guardar para usar depois, troque de recipiente e adicione água filtrada)
– corte cerca de 250g para cada pastinha.
– separe o recheio de sua preferência.
– bata em liquidificador, processador ou mixer os ingredientes até ficar uma pasta. (a consistência, você que define, se quer mais lisinha ou com gruminhos)
– no caso das ervas, adicione sal e pimenta do reino a gosto
– sirva com legumes, torradinhas e pãezinhos.
DICA: o recheio pode ser de sua preferência – azeitonas, tomate seco, ervas, etc.

DSC_9847

Kinchaku {saquinho da fortuna} | Cozinha Fácil Nakayoshi #18

Kinchaku {saquinho da fortuna} | Cozinha Fácil Nakayoshi #18

Os Saquinhos da Fortuna {Kinchaku}, são saquinhos de aguê (tofu frito) recheados com moti (bolinho de arroz). Diz a lenda que antigamente, os samurais guardavam as moedas em sacos feitos de tecidos amarrados, que lembram os saquinhos. Por isso diz-se que o consumo deles traz bons fluidos relacionados a dinheiro! É um prato festivo, não necessariamente somente desta época do ano, mas como traz bons […]

Missô Oniguiri | Cozinha Fácil Nakayoshi #40

Missô Oniguiri | Cozinha Fácil Nakayoshi #40

Sabe aquela receita que lembra almoço em família? Ou então um obentô de piquenique ou de undokai (gincana japonesa). E dá também para aproveitar aquela sobra do almoço e repaginar ele para o obentô da segunda…pode ser chamado de Yaki oniguiri (=oniguiri grelhado).
Mas o mais especial desse oniguiri é o tostadinho do missô em volta dele! 

cozfacil

cozfacil2
Ingredientes
– missô vermelho (aka missô)
– água filtrada
– gohan (pode estar morno, se precisar aqueça um pouco)
– recheio: usamos carne de porco picadinha, mas pode ser umêboshi, hanaumê, anchova em conserva, shiôkara (conserva de lula), missô puro, salmão grelhado, etc…
– água filtrada com um pouco de sal para umedecer as mãos
– um pouco de óleo vegetal para untar a frigideira.

Preparo:
– Prepare a pasta de missô, adicionando ao missô um pouco de água filtrada. Coloque aos poucos, para não perder o ponto. [DICA: no lugar da água, poderia usar sakê culinário kirin (seco) ou mirin que daria um toque adocicado ao preparo].
– Separe o gohan, de preferência que esteja morno pelo menos.
– Prepare o recheio, caso precise grelhar ou fatiar.
– Em uma vasilha pequena, adicione água filtrada com um pouco de sal. E nela, molhe as mãos sempre que achar necessário para que o arroz não grude.
– Começe então a modelar o oniguiri: uma mão estará sempre no formato de V, formando os vértices do trigângulo, a outra, em formato de concha, dando forma a espessura do oniguiri.
– Ao finalizar, cubra os oniguiris com a pasta de missô
– Aqueça uma frigideira com um pouco de óleo e distribua os oniguiris, deixando dourar por todos os lados.

Berinjela Grelhada {nasubi} | Cozinha Fácil Nakayoshi #39

Berinjela Grelhada {nasubi} | Cozinha Fácil Nakayoshi #39

Esta receita de Berinjela grelhada é um ótimo prato para servir em dias de calor, fica bom até mesmo depois de resfriado na geladeira.

DSC_1978

A Berinjela japonesa, tem menos o sabor pungente da berinjela comum, há quem prefira ela para outros preparos também. E berinjela, é mais um legume super versátil, não é mesmo? Entra em qualquer receita, e fica uma delícia!

Esta é uma das diversas formas de se servir uma berinjela grelhada. Optei por usar pouco óleo para o preparo, e servir com daikon (nabo) ralado, katsuobushi e shoyu. Simples assim.

Receita:

Ingredientes

-4 berinjelas japonesas grelhadas

-1 pedaço de nabo japonês

-óleo para grelhar

-shoyu

-katsuobushi

Preparo:

-Com as berinjelas lavadas, corte as em rodelas de 1cm.

-coloque as em uma bacia com água e sal e reserve.

-enquanto isso, prepare o daikon oroshi (nabo ralado).

-em uma frigideira quente, unte com um pouco de óleo de sua preferência.

-retire o excesso de água das berinjelas, e distribua-as na frigideira.

-espere até grelhar a parte de baixo e vire.

-quando estiverem prontas, sirva-as com o daikon oroshi (nabo ralado), katsuabushi e shoyu.

DICA: pode servir também com cebolinha, gengibre ralado, gergelim. Fazer um molho com shoyo, vinagre e óleo de gergelim.

 

Toast de queijos e Kimchi | Cozinha Fácil Nakayoshi #23

Toast de queijos e Kimchi | Cozinha Fácil Nakayoshi #23

Fugindo do tradicional queijo quente, o Toast de queijos com kimchi ganha mais sabor ainda com o essa conserva tipicamente coreana! Uma conserva de acelga beem apimentada, que no lanche combina super bem com os queijos e diminui um pouco da pimenta, fique tranquilo! Dá pra comer um inteiro sozinho!

Pra quem gosta de sabores exóticos e apimentados, é uma ótima pedida!

RECEITA:

Ingredientes:

– 1 colher de sopa de kimchi picado

-2 fatias de pão (de sua preferência)

– fatias de queijo mussarela

-fatias de queijo prato

-queijo parmesão ralado

-manteiga

Preparo:

-pique o kimchi em pedaços pequenos

-fatie o queijo, caso tenha a peça em casa

-passe manteiga em um dos lados do pão

-monte o lanche da forma que desejar

-em uma frigideira quente, coloque os pães e deixe dourar um pouco. Coloque o lado quente da fatia sem o recheio em cima e pressione um pouco. Vire o pão e espere aquecer. (cuidado para não queimar muito, você pode também deixar para colocar a manteiga depois na frigideira mesmo.)

-depois de pronto, sirva quente mesmo, com o pão crocante e o queijo bem derretidinho! Fica uma delícia! O kimchi lembra um picles no lanche.

Tempurá de Gobô | Cozinha Fácil Nakayoshi #35

Tempurá de Gobô | Cozinha Fácil Nakayoshi #35

Tempurá de legumes é um prato delicioso, mas quando tem gobô nos ingredientes, é especial! Este tempurá de gobô é mesmo imperdível!

Quando tiver a oportunidade de fazer e compartilhar em casa com a família ou amigos, não vai desapontar ninguém, nem mesmo os vegetarianos!

O Gobô é a raiz de bardana, bastante consumida por japoneses em diversas formas, uma que pode ser conhecida é no Nishimê, aquele cozido de legumes japonês, também delicioso!

Tempurá é este famoso dos restaurantes japoneses, os legumes empanados, podendo ser de forma unitária, ou seja cada legume empanado separadamente, ou assim em sua forma que chamamos de tempurá “estrelado”, com alguns legumes fatiados ou ralados em tiras.

RECEITA:

Ingredientes

-1 raiz de bardana ou gobô

-1/2 cenoura grande ou 1 pequena

-1/4 de cebola em fatias finas

-1 xícara de chá de farinha de trigo

-1/2 xícara de chá de água filtrada (ou quanto baste)

-1 xícara de gelo em cubos

Preparo:

-Higienize os vegetais

-Descasque a raiz de bardana, e faça fatias finas dele, com uma mandolina ou ralador comum, ou com a faca mesmo.

-Depois de ralada, deixe descansar em uma bacia com água (evita que escureça, a água fica escura mesmo)

-Enquanto isso, descasque e rale também a cenoura, e fatie a cebola.

-Prepare a massa, adicionando a água até dar o ponto, com cuidado para não formar grumos. Ao final, adicione os cubos de gelo.

-misture os ingredientes ralados.

-aqueça o óleo, o suficiente para fazer a fritura dos tempurás

-assim que o óleo estiver pronto, adicione a mistura à massa e mexa.

-com cuidado, vá colocando-os para fritar. Escorra o excesso de massa antes de levar ao óleo.

-Assim que dourar, está pronto para servir.

Dica: o tempurá pode ser feito com outros ingredientes.

 

Espaguete de Feijão Azuki {FITFOOD} | Cozinha Fácil Nakayoshi #38

Espaguete de Feijão Azuki {FITFOOD} | Cozinha Fácil Nakayoshi #38

O espaguete de feijão Azuki é uma das nossas opções de produtos saudáveis na loja, temos uma grande variedade de produtos sem glúten, com baixo carboidratos, e ricos em proteínas.

Este entra nas opções de alternativos as massas com base de trigo. Além das diversas opções de macarrão de arroz, comum na culinária japonesa, a linha da FIT FOOD tem opções de espaguetes feitos com grãos de leguminosas, além das mais conhecidas com base em cereais.

CAPA_FB

São estes: soja, grão de bico, feijão preto e o feijão azuki. O último é queridinho da culinária japonesa, vocês já viram até uma receita de doce feito de feijão. Aquele que vem nos bolinhos que toda loja japonesa tem que ter, é feito com feijão azuki.

Esse feijãozinho é muito poderoso, seu tamanho pode subestimar, mas ele é rico em muitos nutrientes!

Mas em resumo, as vantagens dele são:

  • Rico em proteínas
  • Rico em fibras
  • Sem glúten
  • Livre de transgênicos
  • Sem conservantes
  • Vegano
  • Orgânico
  • Baixo sódio

E se feito em um molho leve, melhor ainda! Veja só como ele fica no ídeo, segue também a receita escrita abaixo:

INGREDIENTES:

-1 pacote de espaguete de feijão azuki da Fit Food

-água para cozimento

-azeite

-cebolinha picada

– 3 tomates picados

-3 dentes de alho

-1/2 cebola roxa fatiada

– 1/2 xícara de azeitonas pretas

– ervas frescas (orégano, manjericão)

– parmesão ralado

Preparo:

1. Coloque para ferver na água o espaguete de feijão azuki

2. aguarde 6 a 8 minutos em fervura para dar o ponto

3. em uma outra panela, aqueça o azeite

4. coloque a cebola roxa para refogar até ficar branda e então adicione o alho picado.

5. Assim que o alho refogar bem, adicione o tomate, tempere com sal e pimenta do reino à gosto, e deixe apurar em fogo baixo.

6. adicione a azeitona e a cebolinha e misture.

7. com o macarrão cozido, misture-o com cuidado.

8. adicione as folhinhas frescas de ervas e corrija o sal.

9. sirva com queijo parmesão ralado por cima.

fitfood-10

Maze Gohan {arroz misturado} | Cozinha Fácil Nakayoshi #25

Maze Gohan {arroz misturado} | Cozinha Fácil Nakayoshi #25

O Maze Gohan é um clássico arroz festivo de famílias japonesas.

Trata-se de um arroz temperado e cheio de ingredientes junto. Nesta versão usamos a alga Hijiki, uma alga bastante nutritiva, rica em fibras, cálcio, ferro e magnésio. Excelente para a absorção do cálcio por outros alimentos.

É um prato bem fácil, e os ingredientes, à sua escolha! É difícil quem não goste dele, mas para ainda melhorar a aceitabilidade, usamos aqui dois tipos de arroz, o motigome (que é mais glutinoso, tradicionalmente, usa-se só ele) e o arroz japonês normal, ele fica menos “grudento”, mas saboroso igual.

Receita:

Ingredientes

– 1/2 xícara de chá de cenoura em cubinhos

-1/2 xícara de chá de gobô (raiz de bardana) em cubinhos {a dica é deixá-los em água para não escurecerem}

-1/2 xícara de chá de massa de peixe {a de sua preferência! Pode ser tikuá, kamaboku, satsuma aguê…}

-1/2 xícara de chá de vagem picada

-1/2 xícara de chá de shiitake fresco em cubinhos

-1 colher de sopa de alga hijiki (hidrate-as com água)

-2 copos medidores (que acompanham a panela) de gohan normal tipo longo

-2 copos medidores de gohan tipo motigomê (ele é mais branquinho, mais glutinoso)

-1/2 xícara de chá de molho tarê [o sal vem principalmente daqui, por isso, vai um pouco de gosto a quantidade]

-1 colher de sopa (ou um saquinho) de caldo de peixe (hondashi)

Preparo:

-Depois de higienizar os ingredientes, descasque os que for necessário, corte todos em pequenos cubos para porcionar.

-coloque a alga hijiki para hidratar em água morna.

-enquanto isso, lave o arroz, os dois tipos misturados: passe água e enxágue umas 3 vezes ou até a água começar a ficar transparente, então, coloque a água para o cozimento até a quantidade indicada na panela (conforme a quantidade de copos que usou) e deixe descansar um pouco. [não se esqueca, adicione a água antes de colocar os demais ingredientes].

-Adicione os temperos: molho tarê e hondashi e mexa.

-Adicione o restante dos ingredientes (a bardana e o hijiki drenados).

-Confira o limite de água da panela, caso tenha ultrapassado, retire um pouco da água para não correr o risco de transbordar!

-Leve a panela à base e ligue. Após o tempo de cocção, o gohan está pronto! DICAS: Nesta receita o arroz é feito na denkigama (panela de arroz elétrica).

Caso não tenha uma, pode ser feito em panela comum. A medida do arroz então será 1 e 1/2 medida de água para cada 1 medida de arroz.

MAZEGOHAN-3

MAZEGOHAN-4

Newsletter
Mídias sociais
© Todos os direitos reservados à Nakayoshi