Omurice {Omelete Japonês} | Cozinha Fácil Nakayoshi #50

Omurice é um prato japonês a base de arroz e ovo. Ou seja, um omelete, por cima de um prato de gohan temperado (arroz = rice). Cada lugar tem um jeito de fazer o arroz com ovo não é? No Japão esta é uma das várias maneiras, sem contar que o próprio “omurice” tem suas variações também na hora se servir!

O arroz temperado, nada mais é do que um Chahan, receita que já vimos aqui!

E o Omelete, por cima pode ser servido assim ou mais cremoso ainda.

Assista ao vídeo para entender melhor e confira a receita do prato que fizemos abaixo, lembrando que os ingredientes são todos a gosto! Na receita fizemos bastante chahan, a montagem com os ovos se refere a 1 porção.

RECEITA

INGREDIENTES

– 1/2 cebola picada em cubinhos

– 1 colher de sopa de manteiga

– 400 g de sobrecoxa de frango em cubos

– 1 cenoura em cubinhos

– 1 xícara de molho de tomate

– sal a gosto

– cerca de 300-400g gohan cozido

– 3 ovos batidos

Preparo:

-Refogue a cebola na manteiga

-Adicione o frango até dourar

-Adicione a cenoura em cubinhos

-Coloque o molho de tomate, se precisar um pouco de água.

-Adicione o gohan previamente aquecido, e misture bem.

– Quando homogêneo, reserve.

– Emprate o chahan pressionando uma quantia dele em uma tigela e virando ele em um prato.

– Prepare o omelete, no ponto que preferir.

– Deslize ele sobre o chahan, jogue um pouco de molho por cima e cebolinha.

– Sirva e coma quentinho!

CUIDADOS COM A SAÚDE

Alguns cuidados com a saúde podemos ter para ter uma vida mais saudável mesmo que o tempo não nos favoreça, o importante é estarmos atentos as mudanças de tempo e ao nosso organismo com relação à ele. Dias mais frios, tempo seco, mudanças bruscas de temperatura, isso tudo favorece a aparição de gripes e resfriados, além de possíveis sintomas alérgicos. #1. BEBA MUITA ÁGUA! No […]

6 DICAS SOBRE OVOS | Produtos Nakayoshi

Você já reparou como a culinária Japonesa usa bastante ovos em seus preparos?

Pensando nisso, listamos 6 dicas para te ajudar a conservar os ovos em casa. Assista ao vídeo para saber:

#1 | NÃO MUDE OS OVOS DE LUGAR

Chegou em casa do mercado e não mude os ovos de lugar! Vai na mesma caixinha que veio para a geladeira. Quanto menor a manipulação dos ovos, mais seguro.

#2 | GUARDE-OS NA PRATELEIRA E NÃO NA PORTA

Há muita oscilação de temperatura na porta da geladeira, assim como a movimentação da porta devido a abertura da porta.

#3 |  LAVAR OS OVOS SOMENTE NA HORA DO USO

Muitas pessoas tem medo de contaminação por ovos, mas quanto mais fresco e a manipulação for da maneira correta, menor as chances de contaminação.

Os ovos são revestidos por uma película protetora natural, e sua casca é porosa para que possa “respirar”. Ela deve ser mantida, para a proteção do seu conteúdo.

Se houverem contaminantes, eles estão na casca, por fora, por isso, não devem ser lavados e guardados e sim lavados somente na hora do uso e secos com papel toalha para assegurar que não haja contato com a casca.

#4 | VOCÊ SABIA QUE OS OVOS TEM EXCELENTE QUALIDADE PROTEICA

Além de ter vitaminas A, D, E, K, complexo B, carotenos, colina e selênio.

O ovo serve como proteína padrão pela sua qualidade, isto porque os ovos são compostos por todos os aminoácidos.

#5 | TESTE SE O OVO ESTÁ FRESCO

O ovo tem em sua anatomia, uma câmara de ar, e conforme o tempo passa, ela se expande, por isso pois na água, ou fica com a parte da câmara de ar flutuante. Portanto, é um ótimo indicativo se o ovo está fresco.

Se o ovo afundar, ele está mais fresco pois tem seu volume de água preservado.

#6 | PREFIRA OVOS ORGÂNICOS

Ovos orgânicos são produzidos por aves que não são tratadas como máquinas de produzir ovos, são criadas livres, e tem uma alimentação balanceada, e portanto produzem ovos saudáveis e completos.

Na Nakayoshi temos como fornecedor os ovos da Yamaguishi, “os ovos da felicidade”.

Na criação Yamaguishi, o bem estar da aves é fundamental. Além da alimentação natural, rica e saudável, consideramos como primordial que o ambiente onde vivem as galinhas seja confortável. Assim, elas são criadas soltas junto com belos galos aviários que satisfazem todas suas necessidades naturais. Para que possam viver com tranquilidade, as pessoas que cuidam dessas aves estão sempre cultivando um coração tranquilo. Estas são algumas das razões para que esses ovos tenham um sabor diferente. (Fonte: Yamaguishi – www.yamaguishi.com.br)

Veja algumas receitas do canal que usam ovos:

Berinjela Grelhada {nasubi} | Cozinha Fácil Nakayoshi #39

Esta receita de Berinjela grelhada é um ótimo prato para servir em dias de calor, fica bom até mesmo depois de resfriado na geladeira.

DSC_1978

A Berinjela japonesa, tem menos o sabor pungente da berinjela comum, há quem prefira ela para outros preparos também. E berinjela, é mais um legume super versátil, não é mesmo? Entra em qualquer receita, e fica uma delícia!

Esta é uma das diversas formas de se servir uma berinjela grelhada. Optei por usar pouco óleo para o preparo, e servir com daikon (nabo) ralado, katsuobushi e shoyu. Simples assim.

Receita:

Ingredientes

-4 berinjelas japonesas grelhadas

-1 pedaço de nabo japonês

-óleo para grelhar

-shoyu

-katsuobushi

Preparo:

-Com as berinjelas lavadas, corte as em rodelas de 1cm.

-coloque as em uma bacia com água e sal e reserve.

-enquanto isso, prepare o daikon oroshi (nabo ralado).

-em uma frigideira quente, unte com um pouco de óleo de sua preferência.

-retire o excesso de água das berinjelas, e distribua-as na frigideira.

-espere até grelhar a parte de baixo e vire.

-quando estiverem prontas, sirva-as com o daikon oroshi (nabo ralado), katsuabushi e shoyu.

DICA: pode servir também com cebolinha, gengibre ralado, gergelim. Fazer um molho com shoyo, vinagre e óleo de gergelim.

 

Espaguete de Feijão Azuki {FITFOOD} | Cozinha Fácil Nakayoshi #38

O espaguete de feijão Azuki é uma das nossas opções de produtos saudáveis na loja, temos uma grande variedade de produtos sem glúten, com baixo carboidratos, e ricos em proteínas.

Este entra nas opções de alternativos as massas com base de trigo. Além das diversas opções de macarrão de arroz, comum na culinária japonesa, a linha da FIT FOOD tem opções de espaguetes feitos com grãos de leguminosas, além das mais conhecidas com base em cereais.

CAPA_FB

São estes: soja, grão de bico, feijão preto e o feijão azuki. O último é queridinho da culinária japonesa, vocês já viram até uma receita de doce feito de feijão. Aquele que vem nos bolinhos que toda loja japonesa tem que ter, é feito com feijão azuki.

Esse feijãozinho é muito poderoso, seu tamanho pode subestimar, mas ele é rico em muitos nutrientes!

Mas em resumo, as vantagens dele são:

  • Rico em proteínas
  • Rico em fibras
  • Sem glúten
  • Livre de transgênicos
  • Sem conservantes
  • Vegano
  • Orgânico
  • Baixo sódio

E se feito em um molho leve, melhor ainda! Veja só como ele fica no ídeo, segue também a receita escrita abaixo:

INGREDIENTES:

-1 pacote de espaguete de feijão azuki da Fit Food

-água para cozimento

-azeite

-cebolinha picada

– 3 tomates picados

-3 dentes de alho

-1/2 cebola roxa fatiada

– 1/2 xícara de azeitonas pretas

– ervas frescas (orégano, manjericão)

– parmesão ralado

Preparo:

1. Coloque para ferver na água o espaguete de feijão azuki

2. aguarde 6 a 8 minutos em fervura para dar o ponto

3. em uma outra panela, aqueça o azeite

4. coloque a cebola roxa para refogar até ficar branda e então adicione o alho picado.

5. Assim que o alho refogar bem, adicione o tomate, tempere com sal e pimenta do reino à gosto, e deixe apurar em fogo baixo.

6. adicione a azeitona e a cebolinha e misture.

7. com o macarrão cozido, misture-o com cuidado.

8. adicione as folhinhas frescas de ervas e corrija o sal.

9. sirva com queijo parmesão ralado por cima.

fitfood-10

Tsukemono de Pepino | Cozinha Fácil Nakayoshi #21

Conhece o Tsukemono de Pepino? Ou seja, pepino em conserva?

É mais um tipo de guarnição oriental em conserva. O pepino curte no tempero, e fica bem saboroso. Uma opção de saladinha deliciosa para fazer hoje e comer amanhã, muito fácil também!

As conservas de vegetais são bastante comuns na culinária japonesa, e de longa data (registros que são feitos desde a Era Nara como forma de conservar os alimentos mesmo).
São servidos tanto como acompanhamento mas também como petiscos para acompanhar bebidas alcoólicas, ou com chá.
Pode também ser consumido só com arroz (gohan). Este tipo é mais simples e bem refrescante, não precisa de tanto tempo para ficar pronto.
As bases de conservas são geralmente missô, shoyu, sal, vinagre, sake e açúcar.
Esta receita é de uma conserva que se assemelha a um picles.
Por se tratar de uma conserva, vai bastante açúcar, bastante sal e vinagre, mas não se assuste. Você também não vai consumir uma pratada destes! São para comer de pouquinho como acompanhamento mesmo.

RECEITA
Ingredientes:
-5-6 pepinos japoneses
-1 cenoura média
-1 pedaço de gengibre (a gosto)
-gergelim torrado
Para o caldo:
-1 copo americano de açúcar
-1/2 copo americano de vinagre de arroz
-1 colher de sopa de sal
-3 colheres de sopa de shoyu

Preparo:
-Depois de higienizar os legumes, corte o pepino em rodelas na diagonal (ou de outra maneira que preferir)
-descasque e rale a cenoura com um bom ralador em tiras finas
-descasque e corte o gengibre também em tiras finas, e misture tudo em uma tigela com tampa que possa ir à geladeira.
PREPARE O CALDO: misture tudo e leve ao fogo até ferver e dissolver o açúcar e o sal.
-ainda quente, despeje sobre os pepinos. Misture bem e dê leve pressionadinhas nos pepinos.
-deixe descansar na geladeira de um dia para o outro. Se possível dê uma revirada nele de tempos em tempos para todos ficarem no molho.
-aos poucos perceberá que o pepino vai soltando água e então fica com mais caldo.
-Quando o pepino estiver bem encharcado e enrrugadinho, está pronto para servir.

blog

Cultivando o Cogushi de Shimeji Salmão | Cozinha Fácil Nakayoshi #32

Quem já viu nosso novo produto {queridinho}  da loja Nakayoshi? Os cogumelos de cultivo em casa da COGUSHI.

São 3 tipos de shimeji para cultivo disponíveis na loja:

  1. Shimeji Salmão (500g ou 600g GUSHA)
  2. Shimeji Branco (500g ou 600g GUSHI)
  3. Shimeji Preto (500g ou 600g GUSHO)

São dois tipos de embalagem, um temático da “Cogulândia” com a família composta pelo Gushi, Gusha e Gusho, a família cogumonstro, ótima opção para atrair a atenção das crianças para o cuidado e cultivo dos cogumelos em casa.

A outra embalagem é convencional, sem os adereços, mas ambos produzem cogumelo igualmente.

O Material que vem dentro da caixinha deve ser deixado lá dentro e cultivado dentro da caixinha mesmo. Veja como é fácil cultivar o shimeji Salmão:

1 | Abra a caixinha e retire o borrifador que vem dentro.

2 | Destaque uma ou as duas áreas de cultivo.

3 | Com uma faca ou outro objeto pontiagudo, faça um corte em forma de X na área de cultivo (peça a ajuda de um adulto).

4 | Encha o borrifador de água da torneira mesmo, e borrife: 8x cerca de três vezes ao dia, todos os dias!

5 | Deixe ele em um ambiente interno, onde não receba a luz solar direta, e fique protegido de ventos.

6 | É como cuidar de uma plantinha, carinho sempre vai ser bom!

CUSHA-3  CUSHA-8

O ponto para a colheita é este da foto acima, antes de a bordinha do cogumelo começar a desvirar completamente. No vídeo (abaixo), passamos um pouco para ver como ficaria.

O Shimeji Salmão tem o cultivo mais fácil, já no quinto dia de produção, já estavam aparecendo os cogumelinhos.

E deu duas colheitas! Depois de colher a primeira vez, limpei bem ele e continuei a regar. Depois de alguns dias começou a brotar novamente e rendeu mais uma colheita!

Ah, e depois, o que “sobra” dentro da caixinha, serve de substrato para plantas, ou seja, pode ser ótimo para sua hortinha depois!

É muito divertido ver o crescimento deles, é bem rapidinho, no mesmo dia, da manhã para a noite é possível notar o crescimento!

Como a colheita não rende muito, resolvi fazer uma receitinha de lanchinho, que ficou deliciosa!

Assista no video abaixo, um pouco do cultivo do shimeji e a receitinha no Cozinha Fácil Nakayoshi: Pãozinho na Chapa com Ovo poché e shimeji na manteiga.

RECEITA (as quantidades variam de acordo com a produção de cogumelo):
– cogumelos shimeji salmão (mas deve ficar bom com os outros também!)
–  manteiga
–  1 ovo inteiro
– água
– sal
– vinagre
– pimenta do reino
– 1 fatia de pão tostada
– temperos a gosto
– azeite de oliva

Preparo:
-Comece separando as pétalas do shimeji
-Em uma frigideira, derreta a manteiga, e coloque os cogumels para saltear. Tempere a gosto e reserve.
– Em uma outra panela, com a água levantando fervura, adicione um pitada de sal e aproximadamente, 2 colheres de sopa de vinagre.
-Em uma concha, ou xícara. Coloque um ovo.
– Na panela, apague o fogo, e misture a água, formando um redemoinho. Coloque o ovo delicadamente neste redemoinho, bem no meio.
-Tampe e deixe por cerca de 7 minutos. Depois escorra, e reserve para a montagem.
– Faça uma fatia de pào tostada com um pouco de manteiga. Nela coloque o ovo poché, os shimejis e tempere a gosto.
– finalize com cebolinha picada, e está pronto para servir!

COGUSHI-8_2

COGUSHI-22

COGUSHI-25

 

 

 

 

Produtos Orgânicos em variedade e praticidade pelo Delivery

Nossos clientes já conhecem nossas geladeiras de produtos orgânicos, não é? Na verdade nem toda a nossa geladeira de hortaliças é de orgânicos, mas temos grande parte dos produtos de origem orgânica. Mais precisamente, fornecidos pela fazenda Kawakami e ovos Yamaguishi. Eles podem ser comprados na loja e também pedidos por delivery, onde realizamos a entrega. Por que Orgânico?  A produção orgânica, tem como benefício […]

Newsletter
Mídias sociais
© Todos os direitos reservados à Nakayoshi